A Hipnose Terapêutica


A Hipnose Terapêutica é uma técnica que consiste muito simplesmente na indução do indivíduo num estado de consciência que lhe permite, em conjunto com o terapeuta, confrontar-se com as suas próprias emoções.
É esse contacto mais estreito com a sua realidade emocional que servirá de base à correcção de distúrbios comportamentais. Sem recurso a fármacos e com uma taxa de sucesso próxima de 85%, a hipnose terapêutica é eficaz no tratamento de:

Medo de voar
Medo de conduzir
Deixar de fumar
Técnicas de Auto-hipnose no Desporto
Distúrbios do sono

Ataques de pânico/transtorno de pânico
Desenvolvimento pessoal
Ansiedade de performance
Treino da assertividade
Autoestima
Stress pós-traumático
Depressão
Controlo do peso
Gestão da dor
Fobias/medos
Ansiedade
Hipnose com crianças
Disfunções psicossexuais
Gestão do stress
Melhoria da concentração

Três exemplos como aplicar a hipnose

Deixar de Fumar

Os hipnoterapeutas ajudam os fumadores a alcançar o objectivo de deixar de fumar permanentemente. É uma área bem conhecida do nosso trabalho, e os resultados produzidos são surpreendentes. É por isso que tantos ex-fumadores aconselham os seus amigos e familiares a consultarem-nos.
Decidir ser NÃO FUMADOR é uma resolução que a maioria das pessoas tem dificuldade em tomar. Trata-se, fundamentalmente, de uma decisão emocional tomada a um nível subconsciente. Muito simplesmente, é por isso que a hipnose obtém tão bons resultados nesta área.
O segredo da hipnoterapia é que leva as pessoas a usar sua imaginação para criar um futuro NÃO FUMADOR.

Isso faz com que o fumador desenvolva uma atitude mais positiva e se sinta mais fortalecido no processo de libertação da dependência.
Parar de fumar torna-se assim a escolha positiva e definitiva, assumida com naturalidade.
Para investigar o método mais eficaz de parar de fumar, a Universidade de Iowa, Frank Schmidt, juntamente com a pesquisa do estudante Chockalingham Viswesvaran realizaram uma meta-análise, utilizando os resultados de mais de 600 estudos, com um total de quase 72.000 pessoas. Os resultados incluíram 48 estudos de hipnose abrangendo 6.000 fumadores, e foram publicados no Journal of Applied Psychology.
Mostraram claramente que a hipnose é três vezes mais eficaz que a terapia de reposição de nicotina.

Medo de conduzir

As pessoas com este tipo de medo irracional relatam a sua experiencia: “eu tenho carta há vários anos, cheguei a comprar um carro que está à porta, a ideia de conduzir deixa-me em pânico. É mais forte que eu…”
Cerca de um terço dos condutores sofrem deste distúrbio, mais as mulheres do que os homens.
O medo de conduzir é considerado como uma fobia á qual damos o nome de amaxofobia. É um termo composto por amaxos, que significa “carruagem” e fobia, uma palavra que todos nós sabemos o que quer dizer.
O medo de conduzir é uma fobia que se caracteriza pelo temor ou aversão exagerada ante situações, objetos, animais, lugares ou pessoas. É um medo irracional. Visto do ponto de vista clínico, no âmbito da psicopatologia, as fobias fazem parte do espectro dos transtornos de ansiedade com a característica especial de só se manifestarem em situações particulares.

Os amaxofóbicos preveem de forma negativa a condução levando-os a pensar “eu não sou capaz, se eu começar a conduzir vou perder-me, e não vou conseguir controlar o carro…”
A Hipnose irá ajudar a alterar este sentimento, fazendo com que o condutor se liberte desta fobia.
A hipnoterapia pode ajudar muito nestas situações de forma a reprogramar o inconsciente, libertando a condutor deste medo irracional.
A hipnose clínica vai à raiz do problema, analisando os traumas de infância, as suas experiências, guardadas no fundo de seu subconsciente, as quais o paciente poderá temer enfrentar. Em transe hipnótico o paciente entra num estado alterado de consciência e assim terá acesso ao que está na base do seu problema, permitindo desta forma a sua cura.

Medo de Voar

“Quando começo a preparar a bagagem para ir fazer uma viagem de avião começo a ficar nervoso e com suor nas mãos, na noite anterior já não durmo bem… e da última vez vomitei quando estava para embarcar… e já não consegui embarcar… o meu coração batia muito rápido e sentia que ia morrer…”
Medo de voar (aerofobia) poderá estar associado a algumas fobias, tais como medo de espaços fechados (claustrofobia), ou mesmo medo das alturas (acrofobia). Segundo alguns estudos cerca de 1/3 da população adulta sofre de aerofobia.
Aerofobia caracteriza-se por ter medo de viajar de avião, é considerado um transtorno psicológico que poderá atingir homens e mulheres de qualquer idade e poderá ser muito

limitante, podendo fazer com que o individuo não possa exercer profissões que obriguem a grandes deslocações, podendo inclusivamente colocar em causa a vida familiar na medida em que poderá limitar deslocações em lazer (ex.: férias).
A hipnose irá ajudar a debelar este sentimento, fazendo com que o individuo se liberte do medo de voar.
A hipnoterapia, através da reprogramação do inconsciente, será de uma grande ajuda nestas situações pois permitirá libertar o indivíduo deste medo irracional.
A hipnoterapia vai à raiz do problema, analisando as suas experiências guardadas no fundo de seu subconsciente, as quais o individuo poderá temer enfrentar. Em transe hipnótico o paciente entra num estado alterado de consciência e assim terá acesso ao que está na base do seu problema, permitindo desta forma a sua cura.

1 Comentário

  • Cristina Almeida
    4 semanas ago Publicar uma Resposta

    Gostava de saber o preço de cada sessão por favor. Para saber se posso pedir ajuda.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Start typing and press Enter to search