Aconteceu

AILD presente na reunião do Conselho Permanente do CCP

No passado dia 4 de julho, a AILD – Associação Internacional dos Lusodescendentes, representada através de uma comitiva composta por Philippe Fernandes e José Governo, participaram num encontro inédito do Conselho Permanente do Conselho das Comunidades Portuguesas, na Assembleia da República (Sala Dr. Almeida Santos), que reuniu diversas associações que trabalham as Comunidades Portuguesas, permitindo a discussão de vários temas, problemas, constrangimentos e oportunidades relevantes no que diz respeito às Comunidades Portuguesas.

Na intervenção da AILD, trouxemos para a discussão a necessidade do reforço da intervenção política em áreas como a necessidade da adaptação parlamentar à atual realidade do novo universo eleitoral como consequência do recenseamento automático; a necessidade da legislação eleitoral adaptar novos métodos de voto, nomeadamente, o voto eletrónico; o ensino do português no estrangeiro, destacando a introdução da língua portuguesa no ensino regular dos países de acolhimento e a grande aposta dos lusodescendentes poderem vir estudar para as Universidades em Portugal e para as Escolas Profissionais; a promoção da língua e cultura portuguesa; a promoção, apoio e importância do movimento associativo; a diplomacia económica; mas também, destaque para o enorme capital e potencial que são as nossas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, do ponto de vista económico, social, político e estratégico que Portugal deve aproveitar.

Um destaque ainda para os luso eleitos e para as autarquias locais em Portugal, sobretudo, as do interior, que devem manter laços de proximidade. Abordamos ainda a importância da revisão da lei que regula o financiamento das associações das Comunidades Portuguesas. Foi feito ainda referência ao trabalho que tem sido desenvolvido pela AILD, através de uma vasta equipa e também, ao nosso projeto de internacionalização da AILD, através da criação de Delegações da AILD em diversos países do globo.

Este encontro permitiu rever vários amigos do CCP, mas também personalidades das Comunidades Portuguesas, como a Dra. Manuela Aguiar (ex. Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas), Dr. Victor Gil (ex. Adido social e cultural em Paris), atualmente, membros da Associação Mulher Migrante.

Estiveram ainda presentes o Presidente do Conselho da Diáspora da Presidência da República; o representado Conselho da Diáspora das Comunidades Açorianas; do Observatório das Comunidades Portuguesas – SEDES, da Associação Também Somos Portugueses e do Observatório dos Lusodescendentes.

Naturalmente, uma palavra ao Dr. Flávio Martins (Presidente do Conselho Permanente do CCP), pelo enorme trabalho que tem sido desenvolvido por todos os conselheiros do CCP, numa difícil missão, cujo órgão merece maior acompanhamento, apoio e visibilidade por parte do Governo.

Uma iniciativa muito positiva, que estou certo dará os seus frutos, deixando em nome da AILD um profundo agradecimento pelo convite e felicitações por esta importante iniciativa, no início de um novo mandato, ao qual nos colocamos ao dispor para continuarmos a colaborar e a estabelecer parcerias, seja através destes encontros, seja através da revista Descendências Magazine, seja através de outras formas de colaboração, em prol de objetivos comuns – as Comunidades Portuguesas.

O Conselho das Comunidades Portuguesas é o órgão consultivo do Governo para as políticas relativas à emigração e às comunidades portuguesas no estrangeiro, com um conjunto de competências bem definidas e, por conseguinte, em muito podem contribuir para as políticas governativas nesta área, na política externa e na construção de um Portugal mais unido e mais igualitário.

É pois, neste espírito cooperativo que a AILD se coloca, tal como foi referido de forma repetida neste encontro de trabalho, “Sozinhos vamos eventualmente mais depressa, mas juntos, iremos seguramente mais longe”.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Start typing and press Enter to search