Matosinhos

Terra de Horizonte e Mar – Parte I

Onde se situa?

Pertencente ao distrito do Porto, o concelho de Matosinhos é limitado a norte por Vila do Conde, a nordeste pela Maia, a sul pelo Porto e a oeste pelo Oceano Atlântico. Dele fazem parte a União das Freguesias de Custóias, Leça do Balio e Guifões; a União das Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira; a União das Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo e a União das Freguesias de São Mamede de Infesta e Senhora da Hora. No que concerne ao aspeto geomorfológico do território, Matosinhos repousa sobre um extenso maciço granítico, que, a partir das serras de Valongo (Serra de Pias) e Gondomar (Serra de Santa Justa), se desenvolve até à orla do oceano Atlântico, para norte e sul do rio Douro. Atualmente encontra-se marcado, fundamentalmente, pelos setores secundário e terciário, embora a atividade piscatória assuma um papel fulcral em todo o concelho, pela vocação marítima típica e tradicional que Matosinhos apresenta.

Roteiro

Com a chegada do calor e a abertura da época balnear começar a sua visita na praia parece a opção acertada! E para sua sorte, o concelho brinda-o com 13 praias com Galardão Bandeira Azul e 9 praias com a bandeira “Praia com Qualidade de Ouro”. Se é um amante de surf e bodyboard recomendamos a Praia de Leça da Palmeira, já que esta é altamente procurada pelos praticantes de desportos aquáticos, contando inclusivamente com diversos eventos e provas de renome. Está com o seu grupo de amigos ou família e quer jogar voleibol ou futebol de praia indicamos a Praia de Matosinhos com o seu extenso areal. Não podemos deixar de lhe aconselhar a visita à Praia de Angeiras, especialmente do Pier construído para o fornecimento de melhores condições de segurança e abrigo aos barcos na navegação de aproximação e partida para a pesca. Numa extensão de 488 metros pode literalmente caminhar sobre o mar, sentar-se e desfrutar do som das ondas a baterem nas rochas, ou, se for mais corajoso, ir até à extremidade onde se encontra o farolim. Mas, atenção, cuidado, se o mar estiver muito agitado é melhor deixar a coragem de lado, porque com o impacto das ondas e o próprio piso escorregadio torna-se perigosa a ida até ao farolim! Se preferir ficar a relaxar a ouvir a sua música preferida enquanto lê um bom livro e recarrega a sua vitamina D, a Praia de Agudela e a Praia de Pedras do Corgo vão proporcionar-lhe a calma e a tranquilidade que necessita, pela menor afluência de visitantes. Aconselhamos ainda a que traga um pára-vento, porque embora de manhã geralmente as praias estejam mais agradáveis, a verdade é que com a nortada não se deve arriscar, por isso venha preparado!
Se trouxe marmitas para piquenique, então um almoço na praia já está perfeito, senão não se preocupe visto que as praias contam quase sempre com esplanadas, cafés ou restaurantes de enorme qualidade.
Sacuda as toalhas e aproveite para passear ou pelos passadiços ou pelas marginais. Vai encontrar bancos e até aparelhos de ginástica para desfrutar da incrível paisagem do litoral enquanto repousa ou queima as calorias do almoço.


Dê agora um pequeno descanso à sua pele dos raios de sol, e visite o Cine-Teatro Constantino Nery. Construído por iniciativa de Emídio José Ló Ferreira, um homem simples e inteligente, em homenagem ao seu protetor em terras brasileiras, o Coronel António Constantino Nery, este edifício histórico situado no coração de Matosinhos, oferece-lhe uma programação diversificada para todo o público-alvo. Neste mês de junho em particular conta por exemplo com “Buá, Gugu e Teté” um teatro e oficina para bebés dos 0 aos 5 anos a decorrerem nos dias 4 (às 16h30) e 5 (às 11h00) e o concerto da cantora Ana Bacalhau que nos traz no dia 17 às 22h00 o seu tão aguardado segundo álbum “Além da Curta Imaginação”. Outra construção da autoria do próprio que merece ser visitada é o Palacete Visconde de Trevões no qual se encontra instalado o Museu da Memória de Matosinhos. Sem dúvida que aqui vai conhecer profundamente o concelho já que a missão do museu passa pela valorização da história e do património de Matosinhos desde os seus primórdios até às atualidade, assim como das próprias memórias dos habitantes.
Dirija-se agora até à Casa do Design, que se “esconde” naquela que era a antiga garagem dos automóveis da autarquia. A 30 de junho de 2016 com a exposição “BURILADA | arte-factos para a sobrevivência” começou a era deste espaço que iria ao longo dos anos afirmar-se como uma referência do Design, quer nacional, quer internacional, em decurso da sua exposição, investigação, divulgação e produção crítica de conhecimento. De momento testemunhará “PORTUGAL POP. A Moda em Português 1970-2020”. Trata-se de uma viagem fascinante pela história da moda, focando os mais variados aspetos, tais como, as suas mudanças, os seus principais conceitos determinantes e as suas vivências pessoais. Além de toda essa reflexão crítica e análise cuidadosa da temática, pode ainda observar peças usadas por artistas como a Amália Rodrigues, as Doce, os Heróis do Mar, entre outros…


Já deve ter reparado que cá fora, na rua à sua volta, tudo está iluminado e reina uma certa algazarra. É que veio visitar Matosinhos na altura perfeita do ano, já que se celebra o incomparável “Senhor de Matosinhos”. Esta festa sem qualquer custo de entrada, dura cerca de três semanas, começando no dia 20 de maio e permanecendo até ao dia 12 de junho. Aqui pode encontrar carrosséis, tendas com artigos de artesanato, bijuterias, pedras naturais, louças e especialmente comidas e bebidas. Por isso, não se preocupe com o jantar, que ao longo das tendas vai encontrar ofertas regionais deliciosas! De todas as festividades que o Senhor de Matosinhos traz consigo, destacamos aqui o concerto do artista David Carreira, a 3 de junho; o fantástico fogo de artifício, a 4 de junho (um dos maiores espetáculos pirotécnicos do país) ; a procissão, a 6 de junho e a missa solene do Bom Jesus de Matosinhos presidida pelo Bispo do Porto Manuel Linda, a 7 de junho.
Para descansar para o próximo dia de visitas ao concelho propomos o MyStay Matosinhos Centro e o Urban Hotel Amadeos.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Start typing and press Enter to search