Mensagem do Presidente Philippe Fernandes

Associação Internacional dos Lusodescendentes

Viva a diferença

Um dos principais objetivos da AILD – Associação Internacional dos Lusodescendentes é ser um elemento agregador da Comunidade Portuguesa em sentido lato, pois pretende unir todos os portugueses, independentemente do local onde estejam.

Dificilmente outra instituição criada em Portugal estará em condições para o fazer. Além da AILD ser a associação mais antiga criada em Portugal por lusodescendentes, ela reúne pessoas que nasceram em vários países, com experiência e vivências internacionais, de vários quadrantes políticos, origens, religiões e de diversas opções de vida pessoal.

Assim, a AILD reúne as melhores condições para que, de forma empática, possa interagir com qualquer português espalhado pelo mundo e/ou com qualquer outra pessoa de outro povo.

Não há dúvida que a AILD é uma associação de ação e interação que não se reduz a observar a comunidade portuguesa resumindo a sua atuação na elaboração de estudos, muito pelo contrário, pretende desenvolver toda uma diversidade de ações que atingem todas as dimensões humanas.

A AILD é sobretudo um espaço de liberdade onde cabem todos. Não fazemos testes de sangue à procura de lusodescendentes puros, antes pelo contrário, damos as boas-vindas a todos os lusodescendentes, independentemente da percentagem de sangue luso, também damos boas-vindas a todos os povos irmãos que partilham a mesma língua e cultura e também damos boas-vindas a estrangeiros enamorados pela língua e cultura portuguesa.

A AILD é, pois, um espaço de liberdade, onde não se pretende formatar ninguém, em que cada um pode manifestar as suas convicções pessoais sem receio de ser perseguido ou silenciado. Normalmente, os membros da AILD são pessoas de forte personalidade, pessoas militantes que procuram concretizar o seus ideais.

A AILD também é espaço de respeito pelas ideias dos outros, onde o respeito impera e onde é possível que convivam pessoas que seriam antagónicas noutras situações. Nisto reside uma outra beleza da AILD e a sua vitalidade.

Os nossos membros compreendem que para defender esta diversidade, a associação não tem qualquer posição política, religiosa, etc.  Um membro quando atua em representação da AILD, não pode manifestar a sua posição política, religiosa ou outra, embora no plano pessoal, todos os membros tenham a liberdade para o fazer, não havendo limitações para manifestarem as suas convicções na sociedade civil e muito menos no convívio com outros membros da AILD.

Não esqueçamos que um dos principais objetivos da AILD é agregar quem está distante geograficamente, mas também quem está distante em termos políticos, opções sexuais, religiosas e qualquer outra opção pessoal. Sinal do que estamos no caminho certo, é encontramos a mesma riqueza e diversidade de pessoas que se encontra na comunidade portuguesa.

1 semana atrás

Casas incendiadas, terror e morte em Myanmar: Lusodescendentes católicos Bayinji no alvo dos militares.Notícia:bit.ly/MyanmarSBS ... Ver maisVer menos
Ver no Facebook

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Start typing and press Enter to search