Mensagem do Presidente Philippe Fernandes

Associação Internacional dos Lusodescendentes

Foram muitos os que se manifestaram bastante agradados com a nova imagem da nossa revista e do site da revista, o que serve de incentivo a mantermos este rumo. Não posso deixar de manifestar a capa lindíssima da Mestre Erika Jâmece que nos deixa desde já curiosos para as capas da revista para 2021.

Congratulamo-nos pela possibilidade de realizarmos a exposição dos quadros do Mestre Ismaël Sequeira no Camões, I.P., bem como as exposições itinerantes destes quadros e dos quadros do Mestre Carlos Farinha por esse mundo fora. Tanto a exposição como a itinerância dos quadros ficaram adiados por enquanto com a terceira vaga da COVID-19.
Esta terceira vaga surpreendeu-nos e não podemos deitar fora o esforço que temos feito até aqui, tudo devemos fazer para deter a propagação da COVID-19 e aliviar os hospitais. Melhores dias virão, com o contributo de todos sem exceção.
Logo que pudermos, voltaremos a realizar eventos físicos pois todos nós já andamos com saudades de estar com os amigos e familiares em eventos culturais por esse mundo fora e sem máscara…. Até lá vamos desenvolvendo a nossa ação pela internet.
A qualquer momento, vão arrancar uma série de formações online, estejam atentos e sintam-se desde já convidados a participarem nelas. Umas serão gratuitas ou remuneradas, mas todas elas são de grande interesse.

Um dos nossos propósitos para 2021, é que se juntem a nós, tornando-vos membros da AILD. Para aqueles que são mais audazes, tornem-se voluntários ou concretizem projetos dentro do espírito que move a AILD, a única associação internacional criada em Portugal por lusodescendentes.
Na AILD não existe o culto de uma única personalidade, todos podem ser protagonistas da vida da nossa associação, depende somente da vontade de cada um. A vida associativa resulta da ação de todos os seus associados. Como acabámos de ver tanto nos EUA, por estes dias, como noutras associações em Portugal, o culto e a personalidade conduz a muitos maus resultados, o líder torna-se um narcisista, egocêntrico e megalómano, afasta qualquer pessoa que brilhe pelas suas ações, com medo de que lhe tire o foco das atenções. Com o passar do tempo esta pessoa acaba só.
Outro elemento essencial numa associação são os seus benfeitores, caso se queira tornar nosso benfeitor não hesite em nos contactar, a sua ajuda nunca será nem de menos nem de mais para nós, ficaremos sempre agradecidos com pequenas contribuições e com as grandes também.
Não há dúvida que é um dever cívico de todos nós participarmos na vida de instituições sem fins lucrativos para construirmos uma sociedade melhor.

1 semana atrás

Casas incendiadas, terror e morte em Myanmar: Lusodescendentes católicos Bayinji no alvo dos militares.Notícia:bit.ly/MyanmarSBS ... Ver maisVer menos
Ver no Facebook

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Start typing and press Enter to search